Meus pais, meus alunos

Érica Mota, educadora dos anos iniciais na Ilha Grande

Só tenho a agradecer a participação dos responsáveis das crianças que estiveram no pré escolar II comigo, no ano que passou. Entendendo a educação como um processo coletivo e de coletivização: pais, mães, avós, tias, irmãs e irmãos estiveram mais que presentes no nosso trabalho pedagógico. Eles foram um verdadeiro presente!

A sala de aula não é só minha, que sou professora, a escola não é só para os que lá dentro estão e, assim, acho que aprendemos um pouquinho mais este ano, que familiares e comunidade, e as próprias crianças!, podem e devem ter participação ativa no processo de ensino e aprendizagem escolar.

Que seria da nossa investida na potência física das crianças, se os responsáveis não apostassem na energia de seus filhos e não os levassem, em pleno sábado, na corrida APTrail,  para estarem com a professora e com os corredores que vem aqui anualmente?! Se Marion e Mário não se dispusessem a estar semanalmente na escola, sem receber nenhuma contra-partida do município (!), para ensinar capoeira para as crianças?!

Que seria de nossa crença na potência criativa das crianças, se os responsáveis não fizessem os cavaletes para uma participação mais ‘profissional’ no Plain Air – Encontro Internacional de Pintores Paisagistas na Ilha Grande?!

Que seria da função social da escrita, se as mamães não ajudassem na confecção do livro dos nomes, cortando as chitas para fazer o acabamento e levando o de cada um para casa para dar aquele toque especial?!

Que seria da nossa feliz e emocionante confiança na potência afetiva das crianças, se as mães queridas não fizessem as guloseimas para nossa aula-passeio de comemoração do aniversário de 100 anos da vovó Maria?!

Que seria da iniciação e sensibilização para a arte musical, se os violeiros familiares não nos visitassem?!

Por tudo isso (e não foram só esses os momentos em que fizemos uma bela parceria), pela amizade, pelos convites de tomar cafezinhos, bolos e pães caseiros em suas casas, pela confiança e pela coragem de colocar suas diferenças na mesa e aceitar o diálogo na tentativa de chegar a um consenso, meu muito obrigada a todos vocês, pais, mães,  avós, tias, irmãs e irmãos!!!! É também a vocês que dedico a exposição fotográfica “10 anos de Educação na Ilha Grande”!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *